Bromismo Dexaketo Poesias

Tô com Raiva

Tô com raiva do destino,

Que parece um menino,

Frescando comigo

Sem dó dos meus couros!

Tô com raiva do sol,

Que queima meus miolos!

Tô com raiva do povo,

Que insiste em adorar Bolsonaro!

Tô com muita raiva!

Quase possuído!

Revoltado com tudo!

Tô com raiva de mim!

Pois sigo sendo um abestado

Que só sabe escrever poesias!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: