Dexaketo Poesias Neorromantismo

Linda

Ela não consegue ficar feia!

Linda sempre

Linda de todo jeito

Linda de dia, e ainda mais linda de noite.

Linda é quase um substantivo

Pois já é dela ser assim.

Ela abre um sorriso

e tudo transborda em mim!

Sua boca macia,

teu corpo gostoso,

sua alma intensa.

Ela é linda,

que nem Caetano conseguiria parafrasea-la

Imagine esse encantado poeta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: