Bromismo Dexaketo Poesias

Desabafo do Poeta Que Ninguém Ler

Como é difícil ser qualquer coisa

Quando não se tem talento

Para convencer,

Apenas de ser convencido!

Sou um vendedor mediano

Que não sabe se valorizar

Qualquer 10 centavos me faz sorrir

Agora meus 10 centavos ninguem aceita!

É constrangedor

Ser tão CD de uma música só

Ser tão sem graça!

Termino aqui

Mais uma trágica poesia

Que ninguém vai ler!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: