Bromismo Dexaketo Poesias

Eu, Filho da Noite

Amanheceu

Eu acordei

Vi os passarinhos cantar

e dormi de novo

Já é meio-dia

Acordei novamente

Vi o Sol rachar a cabeça

e dormi de novo

16 horas

Está passando a Sessão da Tarde

Acho que mereço uma nova soneca.

22 horas

A noite já está dona de si

Hora de acordar e viver a vida!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: