A Craque Dexaketo Textos

A Craque – Capítulo 1

Era Maio de 2017, para Leazinha era apenas mais um dia de aula. No auge de sua adolescência, ela tinha um motivo muito importante para não faltar a aula de Educação Física – Fugir para a arquibancada e ficar namorando Bernardo, sua paixão desde os tempos que estudavam no Sebastiana Aldigueri. Porém, naquele dia algo diferente aconteceu. Agora aluna do Flávio Marcílio, Leazinha precisou se aquietar nos beijos para mudar sua vida.

Exatamente na aula de Educação Física, o professor avisou que uma treinadora de Vôlei, que procurava por talentos na região do Pirambu, Carlito Pamplona e Cristo Redentor, estaria ali para encontrar novos talentos para modalidade. A treinadora era Luiza. Já com 10 anos nesta área de descoberta de novos talentos, ela ainda não tinha tido o prazer de encontrar “A” atleta. Agora ela estaria a frente do projeto do Ruano Esporte Clube, tinha carta branca, tinha o “olho clínico” mas faltava a sorte.

Naquele dia, as vidas de Luiza e Leazinha estariam entrelaçadas.

Exatamente no primeiro exercício, na primeira “bilada”, Luiza captou todo o talento de Leazinha. Era um simples “Joga a bola para o alto e passa para o outro lado”, mas a rapidez, somada ao porte físico, a altura e a intuição, deixava bem claro, que Luiza tinha achado a sua “cereja”

Após os 50 minutos de aula e de treino, Luiza chamou apenas Leazinha, a convocou para está no Ruano às 15 horas no outro dia. Leazinha disse que não podia, tinha aula, ali era tempo integral. Luiza rir e exige que Leazinha também garanta a transferência, pois também estudaria no Ruano. Leazinha disse que não iria, pois seu pai não deixaria. Luiza pede para ela o levar até seu pai. Leeazinha retrunca e disse que ela não seria atleta. Luiza olha para a Leazinha e disse que não iria desistir dela.

Luiza ficou com o carro parado na Pasteur, em tempo de levar multa, mas ficou esperando Leazinha sair do colégio. Quando Leazinha percebeu que Luiza não iria desistir, pediu a carona, em troca, ela levaria a tal professora até sua casa.

Chegando em casa, na Rua Nossa Senhora das Graças, Luiza resolve falar com Seu João, pai de Leazinha e…

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: