Dexaketo Cearense Dexaketo Esportes Esporte Cearense Vôlei

O Incrível Ano do Ceará no Vôlei de Praia

Que o Ceará é uma potência do Vôlei de Praia, isso o mundo já sabe. Só em falar em nomes como Shelda, Juliana e Larissa, Franco e Roberto Lopes, Márcio Araújo, Hevaldo e tantos outros, já dar para ter uma pequena ideia do quanto esse estado maravilhoso tem um “chama” para a modalidade. Porém 2022 foi um ano poderoso demais! Entre nomes conhecidos e novos foram incansáveis as medalhas e títulos conquistados.

Na base, vieram títulos e resultados expressivos. No Sub-19, Marcos e Flávio foram campeões do Circuito Nacional, conquistando 2 das 3 etapas da temporada. No Sub-21, Andryele e Vitória formaram uma dupla 3ª Colocada no Circuito Nacional, enquanto Larissa foi campeã, ao lado da carioca Mafe. Aliás, Larissa ainda conquistou por 2 vezes o Circuito Sul-Americano da categoria, representando a seleção brasileira (eliminatórias para o Mundial), na etapa do Peru, ao lado da carioca Carol, e na etapa do Equador, ao lado da gaúcha Julhia.

No Circuito Brasileiro Aberto, as medalhas serão difíceis de serem citadas pela quantidade expressiva conquistada pelo cearenses. Carol Horta e Tory foram as rainhas do pódio e levaram por três vezes, o ouro, no Aberto. A dupla cearense só não medalhou no Aberto quando não disputou ou quando esteve no TOP 8. Mateus e Adelmo medalharam em 5 das 6 etapas do Aberto que disputaram, também conquistando 3 ouros. Mateus terminou a temporada coroado a revelação e o craque da galera.

Além dos “Reis e Rainhas” do Aberto, o Ceará ainda teve Verena aparecendo 3 vezes no pódio (2 pratas e 1 bronze), Talita e Teresa conquistando 1 prata em Vila Velha, Bernardo e Fábio levando 1 bronze na etapa cearense, além de Lipe e Jeferson (com duplas diferentes) alcançando o TOP 5 em algumas oportunidades. Podemos também citar a prata de Solange e Kyce, que apesar de não serem cearenses, jogam com a camisa do CT Carol. Além do Ouro de Hevaldo na 1ª etapa do Aberto, medalha que ocorreu ao lado de Adelmo, antes dele ir para as quadras jogar pela Rede Cuca.

No Top 8, o estado começou vibrando com a dupla do Fortaleza EC, já que a cearense Rebecca junto com a alagoana Talita estavam conquistando etapas e medalhas. Mas foi com a dupla do CFO, Taiana e Hege que veio o título. As meninas começaram a disputa com um ouro no Aberto, avançando com diversas medalhas (pratas e bronzes) durante a temporada e encerrando a disputa com um épico Ouro na última etapa, coroando o primeiro título nacional da dupla.

O Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia 2022 encerrou com o Ceará vibrando com 3 duplas entre as 10 melhores no Feminino e com 1 no Masculino.

A expectativa para 2023 é que esses resultados sigam aparecendo e novas duplas surjam na base e no profissional. O trabalho do CFO, BNB Clube, CT Carol, CT André, CT Iracema, CT Sideout e tantos outros CT’s , além da entrega, determinação e talento de nossos atletas e treinadores é que tornam o Ceará essa potência “exibida” no Vôlei de Praia.

2 comentários

  1. O melhor lugar para saber notícias do esporte Cearense!

    Além do grande profissionalismo na página, conhece bem os atletas!!!

    1. Muito obrigado pela opinião! Fico muito grato em ler tudo isso! Espero melhorar ainda mais a cobertura sobre o esporte cearense!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: