Bromismo Dexaketo Poesias Todos

Não Me Ergo

Não me ergo…

Luto feito um condenado

Mas sigo na mesma

Tudo conspira pra baixo.

Quanto mais rezo,

Mais Deus me pede calma,

Mas o tempo passa

E eu vejo a juventude se ir.

Não quero ser o mais famoso,

Muito menos o mais belo,

Só quero ser feliz!

Sei que estou no meu máximo

E isso pode não ser o suficiente

Estou mais perdido do que time no Z4

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: