Bromismo Dexaketo Poesias Todos

O resto é o que me resta!

Luto

Mas nem sei porque

Nada consigo

Mesmo dando meu máximo.

Só preciso de um centavo

Para tudo dar errado.

Agora nem mil reais

Fazem as coisas darem certas.

Não é o destino,

É a sina

É o fracasso que me ama!

Aceito as esmolas

Pois é o resto

Que me resta !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: