Coxinhas e Mortadelas Dexaketo Textos

Coxinhas e Mortadelas – Capítulo 1

Parecia um dia normal na vida de Leazinha e Bernardo, naquele dia de 2016. Ela, residente do Benfica, aluna do CH da UFC, petista, feminista e fã do Lula. Ele, residente do Meireles, aluno de Medicina da UFC, tucano, conservador e também fã do Tasso. Dois opostos, duas pessoas que deveriam se odiar pelo que a sociedade prega, ideologias bem distintas. Um “Coxinha” e uma “Mortadela”! Sem nenhuma conexão, pessoas que viviam em seu próprio meio a efetivação de seus pensamentos. Não tinha como dar certo… Mas o coração não levantou em conta nada disso!

O dia era o da votação do Impeachment, segundo Bernardo, ou do Golpe Parlamentar, segundo Leazinha. Ela estava na sede do PT, enquanto ele, estava na sede do PSDB. Já era manhã quando a votação encerrou. Era feriado para Bernardo! Era luto para Leazinha! Mas ambos resolveram ir para a Beira-Mar, ele, comemorar, ela, espairecer.

Na altura da Osvaldo Cruz, eles se cruzam. O olhar os uniram imediatamente. Não é todo dia que duas almas se conectam à primeira vista. O coração de ambos pareciam crianças dentro de uma piscina. Foi simplesmente impossível, eles resistirem ou sentirem timidez. O cupido tinha os flechado com gosto. Antes de saberem seus nomes, o beijo já tinha acontecido.

Será que todo aquele fogo teria a política como bombeiro?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: