Brasileirão 2022 Dexaketo Esportes Futebol

A Maior Série B de Todos os Tempos

Nesta sexta-feira (8) começa a maior edição do Brasileirão Série B de todos os tempos. Não é exagero se referir a esta edição de tal maneira. Nunca se teve tanto time gigante e grande reunidos na Segundona como haverá em 2022.

Grêmio, Vasco e Cruzeiro puxam a fila dos gigantes que estão nessa Série B.

O Grêmio terá que provar em campo que seu rebaixamento foi um acidente e que o retorno à Série A será tranquilo. Tem time e condições para isso. É o grande favorito não só ao acesso, como ao título. Não matar a torcida do coração numa Segundona, como nas duas últimas participações, é um objetivo, que teoricamente, será cumprido pelo imortal tricolor.

Já o Vasco, em sua segunda série B consecutiva, e quinta no total, tentará não estressar mais seu torcedor. O clube pode ficar “rico” durante o campeonato, mas por enquanto, a cautela existe, e o quarto lugar já será o suficiente para fazer sua imensa torcida bem feliz.

Enquanto isso, o time de Ronaldo buscará sair do inferno astral. Em sua terceira participação consecutiva na Série B, o Cruzeiro entra, pela primeira vez, como um dos cotados ao acesso. A boa campanha no Estadual e a estabilidade econômica/política prometida por Ronaldo, pode dar fim a um ciclo tenebroso, iniciado em 2019, com o inédito rebaixamento. Nas edições passadas da Segundona, a Raposa foi coadjuvante em 2020 e lutou contra o rebaixamento para Série C em 2021. O momento do “chega” aparenta ter chegado.

Além do trio de campeões da Libertadores, a Segundona ainda conta com sexteto arrojado de nordestinos, formado pelos campeões brasileiros, Bahia e Sport, além dos sempre destemidos, Náutico, CRB, CSA e Sampaio Corrêa. Todos entram sonhando com a elite, mas sabendo que a tradição recente costuma puxar um grande para Série C. É o famoso olho no céu, mas sem titubear, para conhecer o inferno.

Após 5 temporadas consecutivas na elite, na temporada em que mais se esperava do Bahia, foi a que ocorreu o rebaixamento. O tricolor da boa terra quer esquecer o trágico primeiro semestre, aonde foi eliminado precocemente do estadual e do Nordestão. Agora é se reencontrar e buscar o acesso. O Bahia tentará algo inédito em sua história. Cair e voltar na temporada seguinte. O tricolor jamais conseguiu fazer isso, nem mesmo no rebaixamento para Série C em 2005. Subir é a única opção aceita em Salvador.

Em Pernambuco, Sport e Náutico entram com o mesmo desejo de acesso. O Vice do Nordestão deu ânimo ao Leão, que não vive uma boa fase financeira, mas encontra na força da torcida e de um elenco cascudo, o sonho de retornar imediatamente para Série A. Já o Timbu, que reviverá a “batalha dos aflitos” contra o Grêmio este ano, quer retornar a elite após 9 anos longe da principal divisão nacional. Em sua terceira Série B consecutiva, após o retorno da Série C, o alvirrubro sabe que tem elenco e força para brigar nas cabeças.

Já em Alagoas, CRB e CSA querem aproveitar o grande momento da dupla no cenário nacional. Depois de jogar a Série A em 2019, e ficar em quinto, nos últimos dois anos na Série B, o CSA sabe que tem condições de retornar à elite, mas para isso ocorrer, o clube sabe que não pode deixar para arrancar no fim. Começar bem é o segredo para tentar o retorno. Já o CRB, quer mostrar que não foi semifinalista da Copa do Nordeste à toa. O Galo que não joga a primeira divisão desde os anos 1980, sabe que nunca esteve com condições tão favoráveis para o acesso, apesar de está na Série B mais concorrida da história.

Do Maranhão, a “Bolívia Querida” quer deixar de ser apenas um participante. Após os últimos anos de coadjuvante na Segundona, o time maranhense quer surpreender. Porém para não ser surpreendido e acabar caindo para Série C, o Sampaio Côrrea está se ajustando, após um primeiro semestre muito aquém das expectativas. Pode se esperar tudo do tricolor maranhense, absolutamente tudo.

De São Paulo, o Guarani, há 12 anos longe da elite, promete não bobear como em 2021, e quer o retorno à elite, mesmo não sendo um dos favoritos. Já o Ituano quer a inédita promoção. O campeão da Terceirona do ano passado, já mostrou no Paulistão que pode surpreender. Ponte Preta e Novorizontino buscam se recuperar do rebaixamento no estadual. Inicialmente, a permanência na Série B já soa como uma conquista.

Vila Nova e Tombense não querem ser só figurante. Com os rivais sempre jogando a Série A, o alvirrubro goiano quer voltar a elite. Já são quase 40 anos longe da Série A. Chegar a elite seria uma surpresa inesquecível para o lado vermelho de Goiânia. A Tombense está estreando, mas só permanecer não parece ser o único objetivo para quem tentou tanto chegar à Segundona.

Do Sul do país, o Operário aparenta ficar contente com a permanência, mas quem for a Ponta Grossa, o visitar, já sabe que o fantasma costuma aprontar por lá. Não seria surpresa nenhuma o alvinegro paranaense ficar entre os 10. Para o Londrina, ficar na Série B, já seria o suficiente para o ano ser muito bom. A torcida só não quer sofrer até os últimos minutos como ocorreu na temporada passada. Já em Santa Catarina, o Brusque, parece empolgado após o título estadual. Depois de escapar da degola em 2021, chegar a um inédito acesso, seria a “cereja do bolo” dos últimos anos gloriosos. Enquanto isso, os tradicionais Criciúma e Chapecoense reúnem forças para se reencontrarem. Com tradição de participações na Série A, a dupla não aparenta lutar pelo acesso, mas se deixarem o tigre e o condá se empolgarem, já sabe que é difícil demais segurá-los, principalmente, nos jogos como mandante.

Não vai ser qualquer Série B, tem tudo para ser a melhor Série B da história. Se as expectativas irão se realizar, não sabemos, mas até Novembro, as emoções prometem ser fortes nos gramados da Segundona.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: