Brasileirão 2021 Dexaketo Esportes Futebol

O Drama do Cruzeiro

Se o rebaixamento para Série B em 2019 e a permanência na Segundona em 2020 foram trágicos para o torcedor do Cruzeiro, o drama parece ser ainda maior em 2021. Faltando apenas 5 rodadas para o fim da Segunda Divisão, a Raposa não tem mais chances matemáticas de acesso para Série A e ainda corre o risco de sofrer uma inédita queda para Série C, visto que está apenas 2 pontos à frente do Z-4 (Zona de Rebaixamento).

Fruto de uma gestão desastrosa, que apesar dos títulos da Copa do Brasil de 2017 e 2018, afundou o clube em seu pior momento. Se não bastasse a crise esportiva, o cabuloso enfrenta crises financeiras e políticas em seus bastidores. A ameaça de greve dos jogadores é constante, e ainda não é uma hipótese descartada. Isso sem falar na queda de receita por está há 2 anos na Série B e pela ausência de público nos estádios, devido a Pandemia de Covid. O Cruzeiro parece um barco à deriva sem rumo, envergonhando sua torcida e seu nome no Futebol.

A esperança e o desespero andam de mãos dadas nesses últimos jogos da temporada, visto que nos próximos jogos, o Cruzeiro enfrentará diversos confrontos diretos, como contra o Londrina e o Brusque. Em caso de vitória, alivio. Em caso de derrota, desespero. O destino do Cruzeiro está em suas mãos!

O que ocorrerá? Até o fim de Novembro saberemos! Mas a única certeza que fica é que 2021 já é o pior ano da gloriosa história do Cruzeiro, e que o drama do clube tende a se estender por, pelo menos, mais um ano, restando ao torcedor sonhar com dias melhores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: