Dexaketo Editorial Dexaketo Esportes Futebol

Fortaleza e Ceará – O despertar dos Gigantes

O ano de 2021 está representando o ano mais importante da história da dupla “real” do futebol cearense. Fortaleza e Ceará parecem ter entendido que não precisam apenas lutarem para ficar na Série A. Em sua terceira participação casada consecutiva na elite do futebol brasileiro, o tricolor e o alvinegro encontram-se entre os 10 primeiros e jogando um futebol digno dessas colocações.

O Fortaleza, que está na sua terceira temporada seguida, recorde do clube na Série A por pontos corridos, se encontrou sobre o comando do argentino Voyvoda. Não só a terceira colocação com incríveis 30 pontos até aqui, demonstram isso, mas o jogo que a equipe aplica em campo. Ninguém vence Palmeiras e Atlético Mineiro na casa do adversário à toa. O Fortaleza, hoje, é postulante a título. A pergunta é saber se o time manterá o mesmo ritmo dessas 15 primeiras rodadas no restante do campeonato, mas o que tudo indica, é que sim. O que pode pesar é a questão de contusões ou lesões que podem vir a desfalcar o clube, mas Voyvoda aparenta saber o que fazer com cada peça do tabuleiro leonino. Se o Brasileirão é um sonho, a Copa do Brasil é muito possível.

Já o Ceará desconhece as derrotas. Na sua quarta participação seguida na elite, o Vozão só perdeu 2 vezes em 15 partidas já disputadas. O pecado do time de Guto Ferreira são os excessos de empates, mas isso não tira o brilho da consolidada briga por uma vaga na Libertadores que o clube possui hoje. Como no caso do Leão, o alvinegro pode sentir a questão do elenco, porém “Gordiola” também aparenta ter esse controle, principalmente, pelo período de mais de um ano que possui à frente do clube.

A consolidação da dupla Ceará e Fortaleza se dá também pela ótima organização de suas diretorias. Com o viés mais profissional do que no modelo clássico de clube, as equipes se organizaram, reconheceram o seu tamanho e mudaram o pensamento regionalizado para o nacionalizado. É verdade que o Estado do Ceará vem passando por essa transformação ideológica nos últimos 30 anos, e isso, reflete também em campo. Com torcidas enormes, mesmo que seja uma concentração mais regional do que nacional, os clubes passaram a ver o torcedor não só como torcedor, mas como colaborador e cliente. A paixão do torcedor também reflete nessa mudança de conduta. Quando a torcida for permitida retornar aos estádios, será visível que nenhum grande nacional conseguirá impor maioria no Castelão e serão engolidos pelo preto e branco do Ceará e pelo vermelho, azul e branco do Fortaleza, o que não é comum de se ver em outros estados, mas virou rotina dos dois reis no Brasileirão ou em qualquer competição que disputem.

A única pergunta que fica é se esse progresso de Fortaleza e Ceará é algo de momento ou algo para valer. As expectativas, olhando para o que os clubes projetam em seus planejamentos estratégicos, é que a evolução prossiga até quem sabe a títulos Nacionais e frequência na participação de torneios continentais. Seria ótimo para o futebol cearense, nordestino e brasileiro. Que o progresso de Leão e Vozão siga rumos históricos, que não regrida, só evolua! É bonito ver aonde o futebol cearense pode chegar com a sua dupla de gigantes.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: