Dexaketo Poesias Neorromantismo

Arrependido

Me perdoe

Eu acreditava em tudo aquilo

Me deixei levar pela inconsciência

Sou filho pródigo da injustiça!

Aprendi desde cedo

Que o único respeito

era para quem pensasse igual a mim

Fui criado pelo ódio

Suplico

Perdoe esse babaca que sou

Juro fazer diferente!

Meu pecado

Tem jeito de ser curado

e você pode me mudar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: