Artigos Cientificos Dexaketo Educação Dexaketo Esportes Educação Fisica Vôlei

Indicadores de Desempenho Físico e Tático-Técnico de Atletas do Voleibol de Praia em Diferentes Categorias

RESUMO

A presente investigação analisou indicadores de desempenho físico e tático-técnico em atletas de voleibol de praia em diferentes categorias: Sub-15 (11 a 14 anos de idade, n=21), Sub-18 (15 a 17 anos de idade, n=24) e Sênior (≥ 18 anos de idade, n=22), de ambos os sexos. Trata-se de uma pesquisa não-experimental, transversal e correlacional-causal, que teve por finalidade descrever relações entre diferentes variáveis físicas e tático-técnicas de atletas de voleibol de praia. Inicialmente, foram coletadas as dimensões morfológicas (antropometria e composição corporal) e neuromusculares (potência de membro inferior, força de membro superior, agilidade e velocidade); depois efetuou-se a coleta da dimensão metabólica (capacidade aeróbia) por meio do VO2 e, por fim, foi elaborado um evento de caráter esportivo, de nível amistoso, entre os atletas selecionados por categorias para ser efetuada as análises observacionais do desempenho tático-técnico. Na análise estatística, comparação entre categorias foi realizada por meio da ANOVA one-way, correlações pelo teste de Pearson (para distribuição normal), ou Spearman (para distribuição nãonormal) e a explicação de um modelo para cada categoria foi verificada por regressão múltipla, a significância adotada foi de P≤0,05. Os resultados deste estudo revelaram que características morfológicas e de desempenho físico de atletas de voleibol de praia são diferentes entre as categorias e estas características apresentaram importantes relacionamentos com o desempenho físico em todas as categorias. Também foi verificado que existe uma homogeneidade no desempenho tático-técnico, especialmente, entre as categorias Sub-15 e Sênior, feminina; que o desempenho tático-técnico para levantamento e ataque foi superior para a categoria Sênior masculino em comparação as demais categorias; e que a experiência do atleta no voleibol de praia parece influenciar o desempenho tático-técnico, predominantemente, no saque para os grupos Sênior masculino e Sub-18 feminino e no levantamento para o grupo Sub-15. Além disso, os modelos explicativos dos coeficientes de performance a partir de variáveis de desempenho encontrou associações no sexo feminino para os fundamentos saque e levantamento, na categoria Sub-15 e Sênior e para o fundamento ataque na categoria Sênior, e, no sexo masculino foi verificado associações nas três categorias para o fundamento recepção, para o fundamento levantamento na categoria Sub-15 e Sênior e por fim para o fundamento ataque na categoria Sênior. Em conclusão, estes achados podem ser úteis para o processo de formação de atletas nesta modalidade, revelando especificidades do comportamento físico e tático-técnico. Dessa forma, esta pesquisa auxiliará profissionais e atletas do voleibol de praia na elaboração e monitoração dos programas de treinamento, além de colaborar com a produção científica inerente à área

CLIQUE AQUI E LEIA O TRABALHO COMPLETO

Autora: Nayara Elis Cabral Pontes

Orientador: Gilmário Ricarte Batista

Ano 2019

Repositório Institucional da UFPB

Referências

PONTES, Nayara Elis Cabral et al. Indicadores de desempenho físico e tático-técnico de atletas do voleibol de praia em diferentes categorias. 2019.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: