Dexaketo Textos Os Amigos

Os Amigos – Capítulo 4

Capítulo Anterior

Passam-se alguns meses e a situação segue ainda mais confortável para João. Nosso vilão já tinha envolvido Leazinha. É verdade que ela sentia a falta de um amor mais intenso, porém a estabilidade sentimental de João era confortante. Além disso, eles tinham uma vida boa.

Luiza era a única que visitava e se preocupava com Bernardo. Apesar de ainda sentir o golpe, ele, aos poucos, voltava a ser aquele Bernardo. Os dois, aliás, abriram uma empresa própria de computação. Ele cuidava das programações e ela, da administração. A empresa tinha como clientes alguns ex-clientes de Bernardo, que o adorava por ser aquela pessoa atenciosa e bem-humorada. Se ele era ruim com prazos e datas, essa parte ficava com Luiza. Bernardo tinha uma chefe chata. Os dois não se envolviam emocionalmente, mas estavam cada vez mais amigos.

Com a aproximação do fim do ano, João convence Leazinha que era hora deles se casarem. Com uma cerimônia modesta, apenas no civil, mas muito bonita, eles selaram o matrimônio. Luiza, como irmã de Leazinha, foi para o casamento. Logo após o “sim”, Luiza percebe que Leazinha estava no modo automático, parecia um robô. Casou pela estabilidade, não havia um sentimento. Luiza chora ao ver que sua irmã, aquela menina intensa, apaixonante e que adorava um amor cheio de paixão, agora iria viver um relacionamento frio e comum. Leazinha disse que a estabilidade evitava a infelicidade. Mas Luiza pergunta: “Que felicidade?”

Enquanto isso, deitado na parada de ônibus da pracinha do Monsenhor Linhares, Bernardo ficava aos prantos com uma cachaça e a caixinha de som tocando”My All” de Mariah Carey, infinitas vezes. O povo queria pegar o ônibus, mas não conseguia não mangar dele. Ele ainda ficava gritando: “Ela vai casar! Ele roubou ela de mim! Meu irmão que a vida deu é um arrombado! Ela era tudo pra mim!” Bernardo só parou com aquilo, quando Luiza o levou para casa

Pela manhã, em uma braba ressaca, Bernardo avisa para Luiza que não vai trabalhar. Luiza “libera” seu funcionário. Ele começa a chorar na mesa da sala de janta. Luiza se aproxima e…

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: