A Incrivel História de Arturo Sambrozza Dexaketo Textos

A Incrível História de Arturo Sambrozza – Capítulo 16

Capítulo Anterior

Ao chegar na recepção, uma surpresa que o deixaria boquiaberta. Leazinha e Agatha conversando horrores. Além disso, Agatha apresenta Bernardo para Arturo. Bernardo foi apresentado como o noivo de Leazinha. Arturo não esconde o desespero e berra, não é grita, é berra mesmo: “Noivo?” Leazinha olha com sarcasmo para Arturo confirmando a informação. Agatha fica invocada com aquele berro. Arturo finge naturalidade após o berro que veio da alma. Era um berro de desespero. Leazinha não podia casar, era o amor da vida dele. Mas logo a razão, o recordou que ele casaria em dois dias. Ele cumprimenta Bernardo e sai do Hotel. Assim que Arturo sai, Leazinha olha para Agatha e afirma: “Te falei que ele é louco por mim.” Agatha fica estarrecida. Bernardo disse que foi muito difícil se fazer de “hetero”, mas pela paz das amigas, o esforço havia sido válido. Agatha disse que tomaria a atitude certa a ser feita. Ela foi atrás de Arturo. Leazinha não queria ir, mas Bernardo incentivou a boba a ir para ver o que aconteceria.

No estacionamento do hotel, estava Arturo chorando dentro do carro. Agatha bate violentamente na janela do carro. Arturo abaixa o vidro e pergunta o que ela fazia ali. Ela pergunta se ele estava assim por causa de Leazinha. Ele diz que não, se faz de “machão”, engole o choro, e disse que estava chorando porque perdeu os negócios com os cazaques. Agatha entra no carro, senta no colo de Arturo, o beija e diz: “Acabou, meu bem! Não precisa disfarçar! Bernardo é gay, não é noivo de Leazinha! Você já pode amá-la sem culpa!” Agatha sai do carro, afirma que não está com raiva de Bernardo, mas iria seguir sua vida. Não fazia sentido ela ver o homem que ela ama se amando com sua melhor amiga. Ela iria voltar para Manaus com sua mãe e depois retornaria para ser amiga deles, mas primeiro iria se curar do amor que tinha por Arturo. Agatha corre até o Flat. Arturo vai atrás dela.

Ao chegarem na saída do estacionamento, lá estavam Bernardo e Leazinha. Arturo se aproxima de Leazinha e, finalmente, confessa o que sente para ela: “Eu te amo, Camareira! Eu te amo muito! Você é mais especial do que eu queria que fosse! Não controlo meu coração!” Leazinha se faz de doida e sai correndo também. Arturo fica sem entender porque todo mundo está correndo dele. Bernardo o abraça e disse que ele jamais correria. Arturo apenas rir, e diz: “Se eu não fosse hetero, cairia nessa tua cantada!” Bernardo o solta e diz: “Vai atrás das peruas, que elas são doidas por ti!” Arturo rir e vai atrás das “peruas”.

Em seu flat, Arturo entra e se depara com Dona Eulália consolando Agatha. Ele disse que não queria se separar dela, mas já que todo mundo já sabia do amor dele por Leazinha, era impossível casar com Agatha. Dona Eulália afirma que Agatha e Arturo podiam ser amigos, pois se faziam bem. Agatha enxuga as lágrimas e pergunta: “Será que Leazinha toparia um trisal? Eu amo tanto vocês dois!” Arturo sorrir e diz que se ela topasse, ele ficaria bem feliz. Agatha pega na mão de Arturo e os dois vão atrás de Leazinha.

E agora, o que acontecerá nessa história doida?

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: