Dexaketo Poesias Neorromantismo Todos

A Poesia Deixa de Ser Sonho

Coração bate forte

Finge ser forte

Mas está tão dependente

Que nega essa dependência!

É um sorriso bobo

Que me desmorona

Que me torna alvo fácil

Do amor da minha vida.

Minha alma cala

Só pra escuta-la

Sua voz me estremece!

Se ela me beija

E diz que me ama

A poesia deixa de ser sonho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: