A Incrivel História de Arturo Sambrozza Dexaketo Textos

A Incrível História de Arturo Sambrozza – Capítulo 12

Capítulo Anterior

Algumas horas depois, Sam e Sabrina vão até o flat de Arturo agradecer pelo apoio que o amigo deu a eles. Sabrina aproveitou para agradecer Leazinha, que naquele momento, Arturo não sabia que era a camareira. Sabrina e Sam vão curtir um pouco da Beira-Mar à noite e queria saber se ele estava disposto a ir com eles. Ele topou! Leazinha também topou ir.

Em torno das 21:30, Arturo encontra seus amigos em dos quiosques da Beira-Mar. Em meio ao besteirol, que se conversa ao beber aquela cerveja gelada, chega Leazinha. Sem o uniforme e com uma roupa comprada na Feira José Avelino, Leazinha estava simples, porém linda, linda demais, linda ao ponto de deixar Arturo cego com o brilho que a sua alma resplandecia. Sabrina apresenta Leazinha para Arturo que reconheceu ser a camareira, apesar que ele só pensava que ela era a mulher da sua vida!

Quando o canto da noite já passava das 23:30, Leazinha pediu para ir embora, pois o Uber ficaria muito caro para quem morava no Benfica. Sam diz para ela não se preocupar, pois ele pagaria o Uber pra ela, pois se não fosse ela, ele não seria o homem mais feliz do mundo. Sabrina fica boba perto de Sam. Ela só não estava mais boba que Arturo. Leazinha pouco bebeu, não queria perder a sobriedade. Ela tinha sentimentos que não queria confessar.

Perto de 1 da manhã, Sam pagou o Uber e Leazinha foi embora. Sabrina resolveu colocar Arturo na parede e pediu para ele se tornar homem e deixar de ser menino, pois apenas assim, teria a mulher de sua vida em seus braços. Arturo disse que tinha um amor que morava em Manaus, Leazinha era só uma metida gatinha, que ele queria sentir o gozo. Sabrina chama Arturo de nojento e volta para o Hotel. Sam a acompanha. Arturo resolve pegar a última cerveja que estava na mesa e vai pra areia.

Já na areia da praia, Arturo pergunta para Deus, porque o coração dele era tão maluco. Como ele podia amar tantas mulheres! Naquele momento, uma adolescente senta ao lado dele. A menina, que tinha seus 15 anos, estava visivelmente bêbada, mas tinha escutado o murmúrio de Arturo. Ela olha nos olhos dele e disse: “Você ama aquela que você tenta esquecer e jamais conseguiu!” A menina se levanta e sai. Arturo deita na areia e fica ali.

O sol aparece, Arturo acorda e, por sorte, ainda estava com roupa, visto que passar a madrugada na beira do mar em Fortaleza, é pedir para ser assaltado. Ele percebe que dormiu ali e com uma ressaca braba, resolveu tomar um banho de mar. Foi com roupa mesmo. Depois de está todo banhado de água salgada, ele resolve voltar para o Hotel.

Ao chegar no Hotel…

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: