Bromismo Dexaketo Poesias

O Algoz Imbatível

Rezei um pai-nosso,

pedi proteção à Deus

dos meus pensamentos

dos meus medos!

Quantas noites

me acordei de um pesadelo

aonde eu mesmo

era o meu vilão.

É terrível desconfiar de si,

desconfiar de seu inconsciente

desconfiar da própria sombra.

Não há sentido nesse medo,

não há sentido em muita coisa…

Que ruim é ter um algoz imbatível!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: