A TURMA Dexaketo Textos

A Turma – Capítulo 20

Capítulo Anterior

Passam-se alguns dias, a bronca que Bernardo levou de seu sogro era a seguinte: “Quem o elegeu, seu mané, foram os conservadores da cidade! Não venha com essa onda de que cada um viva sua vida! As pessoas devem seguir o que está escrito na Bíblia, mas não exatamente o que está escrito, mas o que o povo pensa que está. Você não pode farrear com minha filha e amigos, e até pode, desde que ninguém saiba. Seja discreto, pô! Beira-Mar lá é lugar para um prefeito beber! Traga aquela sua cambada para beber aqui! Mas não se exponha, imbecil!” As palavras, assim descritas, ecoavam na cabeça dele!

João vendo seu amigo triste resolveu fazer o errado. Nos anos em que esteve isolado da sociedade, ele viveu de trambiques e o mais famoso deles era praticar fake news. O Vereador que atacou Bernardo nunca seria tão massacrado! Papeis se espalhavam pela cidade, frases surgiam nos grupos de whatsapp, os stories do instagram da cidade eram apenas notícias caluniosas sobre o vereador. O mesmo prometeu defender seu nome e descobrir o culpado por aquilo, mas naquele instante, a cidade já o condenava. Se tem algo que o povo dar valor é uma Fake News bem contada.

Agora em um apartamento de hotel em Fortaleza, a Turma resolveu se reunir antecipadamente. Yasmin foi aceita após aprovação de seu nome perante os membros da Turma. Com muita cachaça e espetinho envolvidos, Bernardo falou da barra que vem sendo sua vida desde sua eleição. Ele deixou de ser protagonista de sua vida. Leazinha lembra que Bernardo era cheio de sonhos. Bernardo sorrir e diz que não realizou nenhum dos que contava para Leazinha. Luiza riu e falou que ela, a libertária da turma, agora era a única mãe de família do grupo. Suellen era o amor de sua vida, mas os planos da “adultescência” foram para o beleléu! Rael disse que o sonho da vida dele tinha sido realizado, pois casou com a mulher que ama. João rir e disse, que apesar, deles não serem mal-sucedidos, e até longe disso, a fuga da poesia do que é viver, deixava todos tristes e desmotivados, mesmo vivendo a vida dos sonhos de muita gente. Yasmin falou que todos deviam parar de murmurar e pensar no quanto eles eram privilegiados por estarem ali juntos, principalmente, depois de tantos anos separados. Ela olha para eles e diz: “Não é hora de reclamar, mas de beber e comer espetinho.”

Quando voltam para Timbone, Bernardo toma um choque ao ir na comitiva de seu partido. O Vereador agora era de seu partido. E agora?

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: