Dexaketo Poesias Neorromantismo

Brinquedinho Sexual

De repente,

os olhos dela estavam me arrancando a alma.

Tomando-me de assalto o coração,

De maneira cruel e sádica.

Não tinha forças para negar

o desejo escravagista que ela tinha em mim,

um desejo de me ter apenas por prazer,

ela queria apenas gozar!

Entreguei-me e não neguei um segundo,

Ela me usava, eu me deliciava,

éramos dois safados transando enlouquecidamente.

Depois de ela sentir o orgasmo,

fui chutado e dispensado,

Sou o seu brinquedinho sexual… Adoro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: