Dexaketo Textos O Retorno de Boraiev

O Retorno de Boraiev – Penúltimo Capítulo

Capítulo Anterior

Paulo e Raimundo se aproximam da Catedral e encontram Luiza jogada no chão. Paulo diz para Raimundo ter cuidado, pois ela tinha a marca do vampiro. Raimundo diz que é Luiza, a menina que encarnou Jaci. Paulo diz que o ideal é leva-la para dentro da igreja, pois o sol poderia desintegra-la. Porém, como ela era vampira, ela não entrava na igreja, mesmo desmaiada, a igreja a repelia. Raimundo diz que eles podiam a levar para o carro, Paulo concorda e a levam. Com medo de serem mordidos, eles a deixam sozinha dentro do carro, e fora do carro, tentam raciocinar aonde foram os outros.

Em algum lugar no Universo, Boraiev, Xangô, Jaci, Aparecida e os escolhidos estavam agora. Os deuses sabiam que estavam na casa de Olorum, Tupã ou Jeová, a depender de sua forma de conhecer o Todo-Poderoso. Leazinha e Bernardo achavam tudo lindo, mas não passavam em suas cabeças, aonde estavam. Boraiev fica encantado com toda aquela beleza. Alguns segundos após o encantamento, Jeová aparece e se apresenta aos que o desconhecem. Os deuses apresentam a situação de Boraiev para o Senhor. Jeová afirma que todos eles cumpriram suas missões e fizeram o correto a trazer um dos piores demônios que já existiu para ficar frente-à-Frente dele.

No plano terrestre, Luiza acorda, presa dentro do carro, tenta sair de lá, mas Paulo e Raimundo não permitem por ela ser vampira. Ela mostra os dentes afiados, Raimundo disse que se tivesse medo de dente canino não teria 10 cachorrinhos lá sua casa na Comunidade do Grilo. Ela clama por liberdade, o Padre, por garantia, fica com o crucifixo e dar outro para Raimundo, mas só a soltariam, se ela contasse o que aconteceu, e se não os atacassem. Ela concorda. Eles a soltam e Luiza começa a contar tudo o que sabe até ali. Paulo a pergunta: “Se todos foram purificados, porque você segue vampira?” Ela chora e diz não saber.

Na casa de Jeová, o mesmo pergunta para Boraiev porque perdoá-lo, principalmente, depois de tudo o que ele fez nesses últimos séculos. O vampiro diz não saber o que aconteceu, mas era como se uma energia boa tivesse o penetrado com a pedra de Tupã, além disso, a dor o ensinou, pois ele estava muito perto de ser preso novamente na Esfera de Salimeni. Era como ter percebido que sempre que ele fazia o mal para sustentar seu poder, o mal retornava e o prendia. O poderoso Boraiev se ajoelha e chora diante os pés de Jeová. Os escolhidos interrompem a conversa e perguntam porque eles vieram e Luiza, não. Jeová pede paciência a eles.

Ainda com Boraiev ajoelhado, Jeová define a pena do julgamento. O que acontecerá com o malígno vampiro?

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: