Dexaketo Poesias Neorromantismo

Coração Diverge

Se meu coração diverge

como se nenhuma rua

me levasse ao meu destino

Tendo a ficar em pane!

O sol fica mais quente,

a lua mais minguante.

Tudo me sufoca,

mesmo que nada ocorra!

Aquele beijo

Foi o último beijo

que a dei antes dela casar!

Andei vagando por aí,

suplicando ao tal coração

que a vida precisa andar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: