Dexaketo Textos O Retorno de Boraiev

O Retorno de Boraiev – Capítulo 10

Capítulo Anterior

Boraiev consegue invadir a casa dos escolhidos. Leazinha e Bernardo se assustam ao ver o demônio ali. Raimundo Nonato “taca” uma risada fortíssima e “manga” muito de Boraiev. Mas porquê? Boraiev tenta atacar o velho índio, mas sente a mesma energia que sentiu quando tentou eliminar Luiza. Ele seguia sem entender, Leazinha corre atrás do livro e encontra a passagem da lenda que afirma que depois da oração, a Deusa da Lua reencarnaria. Bernardo pergunta, como ela reencarnaria. Leazinha disse que em uma escolhida, que seria alguma pessoa que se arrependera de seguir Boraiev, mas teria o poder da esfera de Salimeni, por ter sido mordida por ele. O demônio associou automaticamente a Luiza, pois lembrou do dia que não conseguiu a matar. Ao perceber o cerco fechar, ele toma o livro de Leazinha, e procura alguma solução para fugir de Jaci reencarnada. Ele descobre que o feitiço tem a duração de 24 horas. Logo, ele utiliza-se do tele transporte e esconde-se aonde ninguém o poderia encontrar.

Alguns poucos minutos depois, Luiza aparece tomada por uma luz azul celeste. O velho Indio não acredita que está vendo a encarnação de Deusa Jaci. A mesma orienta que os meninos venham com ela. Naquele mesmo instante, ela pede para Raimundo Nonato, procurar um pai de santo e um padre de coração puro. Seria necessário invocar outras divindades para livrar Fortaleza e o mundo do terrível Boraiev e da malígna Esfera de Salimeni. Os meninos vão com Luiza para algum lugar que ela leva a partir também do teletransporte. Raimundo Nonato não sabia para onde ir, mas lembrou de alguém que podia lhe ajudar. Ele tenta se teletransportar, mas ele era apenas um ser humano, lhe restando apenas usar o Bicicletar para ir atrás de quem o podia ajudar.

Na Lagoa da Parangaba, Boraiev procura por uma pedra que o livro lhe indica ser sua salvação. Apesar da intensa procura, ele nada encontra. Ele, então, convoca seus escravos para encontrar. O tempo fica mínimo. Ele não entende o porquê da Deusa não ter ido até aonde ele estava.

Luiza ou Deusa Jaci leva os meninos até a Catedral Metropolitana de Fortaleza. Leazinha e Bernardo perguntam o que deveriam fazer. Ela afirma que a esfera de Salimeni não era malígna, estava amaldiçoada por demônios que fugiram para Terra durante a idade média durante uma sessão de exorcismo feita erroneamente por um monge no que hoje é a Bulgária. Para derrotar Boraiev definitivamente, era necessário um orixá justo para puní-lo, uma santa que fosse capaz de purificar a esfera e ela, única capaz de prendê-lo na esfera. Mas apenas os escolhidos seriam capazes de unificar as forças divinas para livrar a humanidade desse carma. Leazinha pergunta porque a Catedral, Jaci afirma que Boraiev buscará encontrar a pedra de Tupã, única que o faz quebrar o poder que impede de agredi-la, porém a pedra é o elo necessário para as 3 forças derrotá-lo. Logo, ela estava o usando para derrotá-lo. Bernardo cai na gargalhada. Luiza pergunta porque daquilo, e Leazinha diz que Bernardo sempre foi “besta” para rir.

Boraiev ainda não encontra a Pedra, o que o deixava puto, e para piorar a vida do imperador do mal, naquele momento, Raimundo Nonato encontra Paulo Preto, um amigo seu, padre que era filho de um pai de santo. Era o homem perfeito! Porém…

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: