A TURMA Dexaketo Textos

A Turma – Capítulo 9

Capítulo Anterior

No dia seguinte, a Turma seguiu sua rotina de aulas no CEFET (no caso de Jon, Bernardo e Leazinha) e na UFC (no caso de Rael e Luiza). A rotina incluía o Jon jogando magic com os “chapas” do Farias Brito, Bernardo e Leazinha parecendo Heráclis e Isabella da Malhação 95 e Rael tentando namorar Luiza, que seguia em sua vida sem preocupações de amor.

Já a tarde, Bernardo e Leazinha escolhiam um CD nas Americanas. Os dois resolveram que iriam inteirar o dinheiro que tinham para comprar apenas um. Leazinha queria comprar Nelly Furtado, enquanto Bernardo queria CPM 22. Os dois tiram par ou ímpar, e ganha Leazinha. Depois disso, eles comem um sorvete e vão para casa dela. Lá, eles colocam o CD para tocar e eles escutarem. Com ninguém por lá, ficou fácil o clima esquentar quando Nelly começou a cantar “Try”. O beijo aconteceu, exatamente, quando a canção chegou no refrão. Ele não resiste e se declara, ela sorri e afirma que o amor a também conquistou. Não tem casal que resista a “Try”! Nosso casal “Malhação” rapidinho virou casal “Hilda Furacão”. O amor tomava aquela sala e até os anjos festejavam.

A noite, João chega da “jogatina de Magic”, e dar de cara com o casal dormindo na sala bem agarradinho. O CD já tinha tocado dezenas de vezes. João pensou em acordá-los, mas resolveu deixar de lado. Rael e Luiza também. Luiza ainda comenta que os dois agarradinhos era muito fofo. Rael tenta se aproveitar do momento, mas Nelly Furtado já cantava “Powerless”, e não mais “Try”. Mais um fora para conta de Rael.

O tempo passou, 2007 virou passado. Bernardo e João já estavam adaptados à capital. Bernardo viu Leazinha mudar o cabelo algumas vezes, João conseguiu arrancar alguns beijos de Luiza e algumas outras dezenas de meninas. Luiza também não gostava de repetir figurinha, e beijou quase o Benfica todo. Rael resolveu deixar de ser besta para Luiza e começou a namorar Tailine, uma bela estudante de Direito e jogadora de vôlei da UFC.

2008 passou tão rápido que Bernardo e João esqueceram que o ano eleitoral poderia dar fim a toda aquela história. Os diversos casos de corrupção do pai de João adicionado ao surgimento de um novo nome na cidade deles, fizeram este perder o mandato. Já em Novembro, João avisa que a Prefeitura não pagaria mais nada para eles. Ele ainda achava que seu pai o manteria na capital, mas não foi a resposta que obteve. Era trágico o que estava prestes a acontecer.

Próximo Capítulo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: